Os carros que vocês utilizam têm trava automática? Fiquem atentos…aconteceu comigo!

Oi pessoal!

Bom, hoje quero dividir com vocês algo muito sério que aconteceu comigo no sábado, e que nunca imaginei que fosse passar por isto um dia, ou seja, cada vez mais, aprendo que NUNCA podemos julgar alguém, porque um dia pode acontecer com você, né?

Todo este suspense é para contar que quase tive um infarto porque, sem querer (lógico), prendi o Benício dentro do carro, em um calor de 45 graus de Ribeirão Preto.

Em 2 segundo tudo aconteceu….sai da loja de uma amiga minha com ele no colo e como estava cheia de coisas na mão, sem perceber, joguei tudo no banco da frente do carro (chave, celular, bolsa…) para poder colocá-lo na cadeirinha. Coloquei-o  e liguei o DVD (foi minha salvação), fechei a porta e….quando me virei para dar tchau, só ouvi o “CLAC”…. quando me toquei que não estava com a chave na mão, o desespero veio numa intensidade infinita… e mesmo sabendo que estava tudo trancado, nós demos a volta no carro tentando abrir!!!

Bom, o Benício não percebeu nada, pois estava assistindo o DVD e assim ficou, o que me deixou mais transtornada era o calor, pois sabia que tinha que tomar uma decisão logo, afinal era 12h, um “sol a pino”, ele ia passar mal em minutos. Chamei uns homens que estavam do outro lado da rua e pedi para que eles quebrassem o vidro do passageiro da frente, por incrível que pareça, eles se negaram…isto mesmo!!! Falaram que eu tinha que chamar “os homi”, até agora não sei se é a polícia ou o chaveiro. Aí apareceu um anjo que caiu do céu, o dono da loja do lado, pegou uma chave de fenda, forçou o vidro e quebrou!

Ufa…toda esta ação não durou mais que 5 minutos, mas o desespero e o nervoso é indescritível, fora a culpa: “eu tranquei o meu filho no carro”…inconsequente, como não tomou cuidado…e assim por diante!!! Nem preciso falar que passei o resto do dia “passada”, com dor no corpo todo, acho que foi do nervoso….eu tremia tanto!!!

Ah, e esqueci de contar que a minha amiga está grávida de 30 semanas e o medo dela passar mal depois porque ficou nervosa, mas não aconteceu nada, graças a Deus!

Fiz questão de dividir esta experiência péssima com vocês, para mostrar que em segundos tudo pode acontecer….então se vocês já são cuidadosos, aprendi que devemos redobrar os cuidados, toda precaução é bem vinda!

Aprendi a lição:

– toda vez vou reparar se a chave está comigo,

– vou abrir a porta do motorista antes (assim a porta não trava, vou saber o nome do meu seguro (pois como o Juninho troca sempre, nunca me preocupei em guardar),

– vou ter o telefone de um chaveiro gravado no meu celular e do seguro tb.,

–  vou estar sempre com o celular, neste caso era melhor ter colocado tudo em cima do carro….

 

Segue um post que já tinha publicado sobre prevenção de acidentes: http://viverbembom.com.br/dicas-de-seguranca-para-evitar-acidentes-na-infancia-de-0-a-12-anos/

Também segue um link de um arquivo em PDF sobre prevenção de acidentes domésticos em geral, que fala sobre carro: http://www.projetosegurancahumana.org/arquivos/qdmtch.pdf

E para desestressar um pouco, vejam a foto do Benício relaxando com o Papai, assim que chegou em casa.

Um beijo a todos e muito OBRIGADA a todos que me ajudaram neste momento difícil, sem estas pessoas não saberia o que fazer!!!