Litoral Catarinense – PARTE 2: dicas para comprar roupas baratas e outros acessórios

Oi pessoal,

Esta é a continuação do post sobre Litoral de Santa Catarina, quem ainda não leu a 1ª parte CLIQUE AQUI!

O assunto de hoje é sobre o que as mulheres mais gostam de fazer: comprar! Ainda mais se a palavra promoção ou desconto está escrita na vitrine da loja! hehehehehe (perdoem-me minhas amigas e leitoras que já são superiores e que não consomem, mas juro que estou tentando todos os dias chegar na evolução de vocês!!!)

No litoral Catarinense tudo que é malha é muito barato, mas em Itapema-meia praia, gosto muito de comprar sapatos também. Existe uma feira permanente que chama FECCAT, todos os sapatos são muito baratos e de qualidade, têm de tudo: couro, sintético, tecido, camurça, plástico…eu até evito ir para não gastar.
Além disso, há diversas lojas de pijamas (adulto e infantil) que são uma graça! Quem me conhece sabe que tenho coleção de pijamas… este ano comprei pijamas para as crianças e para mim por R$ 15,90 de ótima qualidade. Temos várias destas lojas no shopping Russi & Russi.


Também gosto muito de uma loja de cama, mesa e banho, a Sulfalu, toalhas de ótima qualidade por um preço muito acessível, além de lençóis, toalhas de mesa, edredons….

Em Itapema-Meia Praia temos que apenas prestar atenção onde comprar, porque tb. há muitas lojas que trazem roupas de SP e vendem super caro…. Então, só verifiquem se é fábrica, se for pode confiar: roupas de lã,  jaquetas de couro…tudo de ótima qualidade e preço.

Agora, o lugar ideal para ir é uma cidade chamada BRUSQUE, fica uns 30 minutos de Itapema, lá vc. recebe o ticket de VALE LOUCA! É nesta cidade que compro tudo de inverno para as crianças, afinal além de ser barato, pego o saldão de inverno.

Encontramos marcas famosas como Lilica Ripilica, Marisol, Millon…. com um preço fantástico (minha tia comprou um conjunto de moleton  flanelado para o Benício da Marisol por R$ 30,00) como também você acha roupas que não têm  marcas por preços inacreditáveis (comprei camisetas de manga longa para as crianças por R$ 6,75, calça legging para a Chiara por R$ 8,00, conjunto de moleton flanelado por R$ 17,00…e são roupas bonitas e de qualidade!
Achamos roupas tb. para nós…precisamos ter tempo, paciência e dinheiro para rodar o dia inteiro por lá. Dica: façam um planejamento do que precisam comprar e de quanto querem gastar…pois é tão barato que vc acaba levando porque é barato e não porque precisa.
Eu costumo ir em dois shoppings que têm lá: Stop Shop e Fip ( um na frente do outro), mas quem tem  paciência consegue pegar as lojas das próprias fábricas que são ainda mais baratas. E se vocês forem passar para Jaraguá do Sul, lá é a fábrica da Lilica Ripilica, fiquei sabendo que em dezembro estava tudo com 70% de desconto.


Meninas, é isto! Espero que este guia de compras sirva para vocês não gastarem tanto como eu gasto…coloco até no papel o q preciso comprar, mas não cumpro nada! Torço para que com vcs. seja tudo diferente heehehe!!!!

Um grande beijo e aguardem a PARTE 3: GUIA DE PASSEIOS.

Litoral Catarinense: dicas da praia e de alimentação -PARTE 1

Hi world!

Hoje vou começar a contar para vocês um pouquinho do que fizemos nas nossas férias em Itapema em Santa Catarina, mais exatamente em Meia Praia.


Para quem não conhece, Meia Praia fica à 10 minutos de Balneário Camboriú e 25 minutos de Florianópolis. É um local que cresceu muito desde a época que comecei a frequentar (também, há 20 anos atrás!) e se tornou uma praia com bastante movimento, mas com várias opções de atividades. Para quem gosta de mais sossego, Itapema mesmo é mais sossegado, ou, se possível, Meia Praia depois do dia 15 de janeiro. Como não tenho opção vamos no fervo do Ano Novo!!!!

A praia é limpa e aconchegante, tem o calçadão que a tarde é lotado de crianças passeando a pé, de bicicleta, com o cachorro..bem gostoso!

No final do Ano, a praia fica lotada! Então, é válido alguém ir mais cedo, colocar as cadeiras e guarda sois para garantir lugar.

Não tem perigo de assalto, dá para caminhar e deixar as coisas, porém tomem muito cuidado com as crianças que podem se perder com grande facilidade devido a quantidade de pessoas circulando.

Mar tranquilo, há dias que parece uma piscina, mas mesmo nos dias normais com ondas é bem tranquilo.

Muitas opções para comer, muitas mesmo!!!! Lá vc. não pode deixar de comer un rodízio de pizza catarinense (eles fazem pizza de coração, strogonofe, filet mignon…tudo muito diferente), crepe suisso (tem uma barraca em cada esquina, é uma delícia). Sorvete italiano sabor mamão (delícia!!!!pelo menos as crianças saem um pouco do chocolate), churrasco de espeto corrido ( é o famoso rodízio do paulistano, mas o sabor da carne é diferente, café colonial do Tirolês (fica na estrada, é caro, mas vale a pena) a dica é ir no café da manhã, lá pelas 10h que vc. garante o café e o almoço de tanto que come!!!

 

Como sou descendente de alemão, me acabo de comer salsichão, torta holandesa, strudell de maçã, salas de várias tipos, mas o q mais amo são as torradas com geléia  de pimenta…me deu até água na boca!

Sem falar dos restaurantes de frutos do mar: existe um que amoooo…fica em Itapema, no Costão, não sei o nome, mas todo mundo da cidade conhece, é no morro, uma construção bem praiana, no meio das pedras, não existe vidros ou paredes (difícil explicar), e de onde vc estiver sentado, a paisagem é maravilhosa, vê toda a orla de Itapema, assistir ao por do sol lá é indescritivel!!! Vale a pena! Lugar muito romântico!

Bom, acho que já escrevi demais. Na parte 2 desta post, falarei sobre guias de compras…muita roupa barata, sempre garanto as roupas de inverno das crianças lá!!!! Bjs

Estamos de volta e de vida nova! Como estamos lidando com as crianças perante todas estas mudanças…

Oi gente! Que saudades….
Parece uma eternidade que não escrevo, mas apenas passaram-se 20 dias, afinal a família Viver Bem Bom estava tentando colocar a vida em ordem!
Bom, vou contar aqui para vocês um pouco das nossas férias no litoral catarinense, dar dicas de passeios, o que não é legal fazer com as  crianças quando estamos viajando….mas isto é assunto para outro post.
HOJE, quero falar sobre todas estas mudanças, como a Chiara, principalmente, está  lidando…
Para quem ainda não sabe, mudamos de cidade (motivo: trabalho), decidimos em 20 dias, agora estamos em Santos. Com isto, vieram várias questões que não tínhamos pensado: além da mudança de escola, óbvio… muda pediatra, dentista, amigos, rotina, aprender a viver em apartamento, perder medo da casa nova…. Como fica a cabeça da criança???
Deixamos em Ribeirão Preto muitas pessoas amigas e que tínhamos um certo “conforto”, pois realmente faziam parte da nossa vida, por exemplo, o pediatra da Chiara a viu  nascer! Sabe tudo dela…os dois se amam de paixão…. o que quero dizer é que não tiramos dela só os amigos, tiramos toda referência de vida!!!!
Bom, como estamos??? As aulas ainda não começaram para falar da adaptação a escola, mas a questão de ser praia está ajudando muito, pois se temos um tempinho a levamos para brincar, ainda bem q o apartamento é mais antigo e grande, acredito que o vizinho de baixo não escuta muita coisa, pois viver em apto ainda ela não aprendeu… deixa cair brinquedo, anda de bicicleta, pula adoidado hehehehehe….
O Juninho já era neurótico na casa em RP  em relação as redes de proteção, imagina agora….as crianças não entraram no apto enquanto as redes não estavam instaladas! Concordo plenamente, acidente acontece em segundos!
A gente não pensa em detalhes, mas até o elevador tivemos que explicar tintim por tintim todos os cuidados, não estava acostumada pegar elevador….ela abria a porta de casa e ia brincar na rua ou na casa dos amigos, sem medo!
A Chiara ainda está sem amigos para brincar, isto é que está difícil, pois sempre fala que está com saudades dos de RP (sempre liga para um no faz de conta…contando sobre o seu dia) e sem amigos ela fica muito grudada na gente, só que nem sempre conseguimos estar brincando… quando estamos em casa,  a prioridade é a brincadeira, mas temos que fazer comida, lavar roupa, arrumar a casa, temos o  Benício que está em uma fase difícil que só quer  andar, mas não anda ainda….só cai e dá susto (não dá para largar um segundo) e ela também quer e precisa de atenção total! Percebo que está carente, está fazendo algumas birras que não fazia antes, o comportamento está alterado. O que está nos ajudando muito é que a moça que trabalhava comigo em RP está passando o mês de janeiro conosco, então enquanto uma está arrumando a casa, a outra está com as crianças e quando eu saio ela só cuida das crianças sem piscar!
Em resumo, quero muito que as aulas comecem para a Chiara brincar com crianças e fazer novas amizades. Aí acredito que tudo vai melhorar e ela vai se sentir mais parte de  Santos!
A notícia boa é que já mudei muito de cidade e sei que é difícil, mas tudo dá certo e acostumamos com a nossa nova vida brevemente… estes dias o Juninho estava em depressão que não tinha amigos, que não conhecia ninguém… hehehehehe tirei sarro, mas ele entrou numa “fobia” por causa disso, realmente precisamos respeitar o momento e o tempo de cada um!
E eu? Estou feliz! Às vezes bate uma insegurança de preocupação com o nosso futuro, mas aprendi a me adaptar rapidamente, CONFIO EM DEUS e sei que tudo vai dar certo.
E vcs., já passaram ou estão passando por isso? Será que estou lidando da melhor forma com a Chiara? Deixem seus comentários…um grande beijo a todos, estava com saudades!

Vejam algumas fotos de passeios que já fizemos em Santos.

image

image

image

Confiram como foi a primeira vez do Benício na praia / Dicas para ir a praia com criança pequena…

Este feriado fomos para Santos para passar o final de semana. Vocês não têm noção como a Chiara estava eufórica…  ela já tinha ido para praia algumas vezes, mas como o Benício nasceu em janeiro, nós  não fomos no verão passado, então acredito que ela não lembrava de nada.

 Então, juntou a euforia dela com a primeira vez do Benicio… eles pareciam dois “louquinhos” para lá e para cá, circulando pela praia inteira… ela correndo e ele engatinhando atrás dela!
 
Foi emocionante! Lógico que tivemos a tradicional cena de areia indo em direção a boca do bebê… no final ele estava inteiro de areia! Ficou tão cansado que depois de 1 hora de praia, mamou e literalmente desmaiou! hehehehehe
 
Bom, antes de vcs. curtirem as fotos da “farofada” da família Viver Bem Bom, seguem algumas dicas para as mamães de primeira viagem que vão “descer a serra” com os filhotes no verão:
 
1- Use protetor solar e o mais importante é passar antes de colocar o maiô nas crianças, porque o corpinho deles é muito pequeno, dificulta com a sunga ou biquíni . Segue um post que sugiro marcas e falo da minha experiência com relação a alergia.
 
2- Cuidado com protetores solares coloridos, eles normalmente mancham a roupa.
 
3-Usar chapéuzinho que cubra as orelhas e rosto, mas contando que eles não vão ficar muito tempo com ele na cabeça, é essencial  passar protetor na careca dos bebês.
 
4- Cuidado: as fraldas de piscina são ótimas, porque não ficam cheias, mas elas não seguram o xixi… o Benício fez muito xixi em cima de mim neste final de semana! O ideal: colocar a fralda na praia, mas se for complicado ficar de olho para a criança não ficar fazendo xixi pela casa ou pela rua.
 
5- Sempre levar fralda de piscina e fralda normal a mais… e se a criança fizer cocô?!? Tem que trocar… ah, e lenço umedecido tb. não pode faltar (normalmente, na praia, não tem um super fraldário a nossa disposição, né?).
 
6- Se a criança é muito pequena, menos de 1 ano, é interessante ter uma piscininha pequena com cobertura para vc. não ficar preocupada com mar! Coloca os brinquedinhos dentro dela, debaixo do guarda-sol.
 
7- Levar água, fruta, mamadeira, bolacha, biscoito…. depende da rotina do seu filho e do tempo que vai ficar na praia…. Ah, não esquecer de fraldinha de boca ( mais de uma – porque vc. vai limpar muita areia, além da comida! hehehehe)
 
8- É interessante ter água mineral para limpar a criança (mão, rosto….) nem todas as praias estão preparadas com chuveirinho.
 
9- Verificar se as barraquinhas de comida ou os hotéis já deixam cadeiras e guarda-sóis à disposição… isto vale muito a pena, pois já deu para perceber que levamos a casa junto!
 
10 – Toalhas  para secar a criança e sempre uma muda de roupa, para tirar a roupa molhada (se por acaso estiver ventando e frio).
 
11- Se vc. não gosta de  acordar cedo, comece a treinar este hábito… pois ir a praia depois das 10h, não combina com criança pequena! É muito quente e muito cheia!
 
12- Não desgrudar o olho do seu filho… nem para piscar, pois para sair do seu lado e se misturar com a multidão acontece em um segundo! Um acessório legal que ganhei quando comprei o biquíni da Chiara são aquelas pulseiras plastificadas de identificação que vc coloca no braço ou no biquíni ou sunga da criança… se perder, lá estão as  informações necessárias para achar os pais!!! Deus me livre, não gosto nem de pensar…
 
13- Se a criança é pequena, menos de 2 anos, por exemplo, cuidado com as ondas na beirinha da água, pois para nós, adultos, é tranquilo, porém eles não têm controle do corpo, a onda derruba e causa traumas! Com a Chiara aconteceu isso: ela linda e maravilhosa, o primeiro dia na praia, com quase 2 anos, foi entrar no mar e os “antas” dos pais nem se tocaram… o primeiro contato com água foi um belo tombo!!! Resultado: passou o verão inteiro fugindo do mar! Mas agora, com quase 4 anos, ela se virou super bem e o trauma foi superado.
 
Gente, acho que é isso! Se eu lembrar de mais alguma dica, coloco aqui para complementar. E vcs. já passaram por esta experiência? Conta aqui…. todos nós temos algumas dicas para sugerir!
 
Um beijo e confiram o nosso super passeio!