Doação: vocês já ouviram falar sobre a “Cantinho do Céu” em Ribeirão Preto?

Moradores de RP e do Brasil!!!

Ontem realizamos mais uma doação para uma instituição daqui de Ribeirão Preto – a Cantinho do Céu – lar dos exepcionais.

Tudo começou porque recebi e-mails aqui no blog falando que viram os posts sobre a doação no Ribeirão Verde (CLIQUE AQUI para conferir) e que gostariam de doar várias coisas (brinquedos, roupas…) para o Viver Bem Bom escolher uma entidade para realizar a ação.

E ontem, fomos a casa da D. Nivanda, por sinal, muito obrigada a esta família, pois eles doaram muiiiiitttttaaaaaa coisa, aproveitamos que estávamos perto e resolvemos entregar tudo na Cantinho do Céu.

image

image

Eu não conhecia a instituição pessoalmente, mas estou muito feliz de ter escolhido este local, pois eles são um exemplo de dedicação, empenho e amor às pessoas que moram lá. Conhecemos toda a estrutura, que por sinal é super bem organizada e fiquei abismada como os funcionários dão a vida por estas pessoas.  Eles atendem 64 pacientes, atualmente, de 2 a 44 anos, todos com paralisia cerebral, porém de diferentes níveis. A maioria mora lá, pois a família abandonou (absurdo!) ou, simplesmente porque não podem sair porque precisam de atendimentos especiais.

A Cantinho do Céu vive de doações e, por incrível que pareça, eles praticamente não recebem ajuda da prefeitura e do governo….eles organizam bingos, eventos, recebem ajuda financeira de empresas e pessoas físicas e também confeccionam roupas de prematuros (para comprar, só ir direto lá), sem falar que tudo é produzido por eles…. desde os lençóis até a cadeiras de rodas, eles aproveitam tudo que ganham e adaptam para algo útil…simplesmente fantástico.

Bom, ficaria dias e dias…falando sobre este local porque realmente é um EXEMPLO a ser seguido!!! Se você mora aqui em Ribeirão Preto, vale a pena ir lá conhecer, se vc. não é, este é o link do site  http://www.cantinhodoceu.org/ e seguem abaixo as formas de ajudar (tem também no site).

Vale lembrar que eles retiram as doações em casa, ou seja, apenas precisamos nos preocupar em separar os itens e ter a vontade de ajudar!!!! Vamos???? Endereço e telefone: Rua Rio Verde, 352 – Vila Albertina, Ribeirão Preto, 14060-190 / (16) 3622-2660

Sem falar que você sai de lá valorizando e agradecendo mais ainda a sua vida e de todos a sua volta, precisamos SEMPRE AGRADECER POR TUDO QUE TEMOS E QUE SOMOS e pedir proteção a estas pessoas que realmente necessitam de atenção e ajuda!
Beijos a todos e verifiquem abaixo como ajudar!!!!
Como ajudar (texto retirado do site)

Você pode apoiar o Cantinho do Céu de várias formas:

– Trabalho voluntário Se você tem formação técnica nas áreas de fisioterapia, medicina, pedagogia e outras áreas e deseja realizar um trabalho voluntário com as pessoas atendidas pelo Cantinho do Céu.

– Através de doação de dinheiro Para atender com o amor e qualidade que oferecemos há mais de 50 pessoas, geramos uma despesa mensal média de mais de R$ 100.000,00. Todo apoio seja pessoal, entrando no quadro de associados (aonde você define um valor de contribuição mensal e uma pessoa de nossa equipe irá em sua residência retirar o valor, com toda a comodidade) ou empresarial através de patrocinios é fundamental para mantermos o atendimento à comunidade. Conta – Banco do Brasil: Ag 0028-0  Conta 5715-0

– Comprando e doando móveis, eletrodomésticos, eletrônicos e roupas Oferecemos em nossos bazares uma grande variedade de produtos em ótimo estado, vendidos em nossa sede. Também aceitamos doações de produtos bem conservados e inclusive disponibilizamos nosso veículo para a retirada. Visite nosso bazar na Rua Bahia, 2185.

– Participando de nossos eventos Marque sua presença em nossos jantares, bingos e apresentações.

 

Mitos e Verdades sobre a vacinação

Pessoal, confiram esta matéria sobre vacinas que explica sobre algumas situações que nunca sabemos se devemos ou não dar a vacina naquele momento.

Fonte:

http://itodas.uol.com.br/mae/perdi-o-prazo-da-vacinacao-do-meu-filho-e-agora-24058.html

 

A importância da vacina quando crianças

“Vacinar o seu filho é a melhor forma de protegê-lo contra doenças adversas, aumentando a expectativa de vida e diminuindo a mortalidade infantil.

No Brasil, o Programa de Imunizações (PNI) criado e gerenciado pelo Ministério da Saúde tem como principal objetivo manter o controle de todas as doenças que podem ser erradicadas ou controladas com o uso da vacina.

Por ser de extrema importância para a saúde da população, os pequenos logo ao nascer já recebem duas vacinas ainda na maternidade- a BCG vacina contra a tuberculose e a vacina contra a hepatite B.

“A vacina é feita com os próprios microrganismos que causam as doenças, mas esses sem poder de ataque” explica o presidente da Sociedade Brasileira de Imunização, Renato Kfouri.

A vacina acaba inibindo o desenvolvimento da doença formando anticorpos contra ela. Por isso, vacinar é uma forma de proteção, carinho e amor.

Esse tema causa questionamento em muitos pais. Diante disse, o Dr. Renato Kfouri esclarece alguns mitos e verdades sobre a vacinação.

Acompanhe!

Vacinar o pequeno doente

A relação de contra-indicações são raras. A vacina somente deverá ser adiada quando a criança apresentar febre aguda nas últimas 24 horas. Outros sintomas, como diarréia e gripe, não interferem e não devem ser motivo para a ausência da criança no dia da vacina.

Vacina dói?

Existem três tipos de vacinas:

– as chamadas intramusculares: são as mais doloridas e muitas vezes deixam o local da picada sensível por horas, causando um pouco de incômodo. Elas são aplicadas dentro do músculo.

– as chamadas vias subcutâneas: aplicadas na camada mais superficial da pele (tecido subcutâneo), são menos doloridas.

– as chamadas vias intradérmicas: os medicamentos são aplicados entre a derme e epiderme (tecidos da pele). O volume aplicado é sempre muito pequeno, o que faz com que a criança não sinta dor.

Como amenizar a dor da vacina

Usar compressas frias até as primeiras 24 horas e depois fazer o uso de compressas quentes e analgésicos se a dor persistir.

O dia da vacina passou, e agora?

O ideal é que a criança seja vacinada no dia agendado pelo médico. Mas até 15 dias após o dia marcado a criança ainda está protegida, depois disso o corpo fica sem defesa.

Reação da vacina é sinal de eficiência?

A única vacina que precisamos da reação como sinal de eficiência é a BCG, chamamos isso de pega vacinal. O restante não precisa dessa comprovação, e é errado pensar que reação é sinônimo de eficiência.

A gotinha é segura?

Em raríssimos casos a pólio oral sofre reversão em indivíduos vacinados. Ainda encontramos alguns raros casos de paralisia pela vacina, pois nas duas primeiras doses o vírus é implantado vivo no organismo. Mas diante desses poucos casos em que houve a reversão da vacina, o Brasil implantou em agosto de 2012 a nova vacina que consiste na injeção do vírus morto, o que impede 100% da criança desenvolver a poliomielite.

Vacina da gripe

Muitas pessoas tomam a vacina e acham que ela estimula o organismo a desenvolver a gripe depois da ingestão. Mas estão erradas ao pensar assim. A vacina, diferente da poliomielite, é feita com o vírus morto, ou seja, não existe nenhuma possibilidade para desenvolver a doença. Biologicamente é inviável.”