#protestomaterno – Um Brasil melhor para os nossos filhos

Oi gente!

O post de hoje é mais do que especial, é uma forma que nós, mães, encontramos para também poder colaborar com a nação brasileira.

Selo oficial da campanha

Selo oficial da campanha

O Protesto Materno surgiu da vontade de mães fazerem algo pelo país, já que nem todas podem ir para as ruas com o seu filhote. O movimento começou com a adesão de mães blogueiras (mais de 150), que postam em seus blogs nessa sexta-feira suas visões e opiniões sobre o movimento legítimo e democrático que toma conta das cidades! O protesto reúne outras centenas de mães conectadas – que já estão divulgando o manifesto virtual via redes sociais – e as que decidiram levar essa união materna de volta para as ruas.

O intuito é engrossar as manifestações pacíficas que estão acontecendo pelo Brasil, apoiando mudanças além dos 20 centavos e que, sem dúvida, podem fazer da nação verde-amarela um lugar melhor para nossos filhos. Lutamos por educação, saúde, segurança, menos impostos, um basta a corrupção e impunidade.

Nem precisa ser mãe para divulgar o banner e a tag #protestomaterno, criados para representar a iniciativa – que pertence a todas as famílias brasileiras! Mas que fique claro; isso não é apenas a circulação de um banner bonitinho; é a união de pessoas realmente preocupadas com o futuro dos filhos!

Já são mais de 150 blogs maternos participantes, com o apoio de movimentos nas ruas de várias cidades. Nesta sexta-feira, às 10 horas da manhã, haverá um twitaço para balançar esse país!

Porque quem disse que mãe só entende de fralda?! Mãe entende do futuro dos filhos e quer o melhor para eles! Vem com a gente! Ajude, compartilhando, escrevendo, divulgando os links e acompanhando pela tag #protestomaterno! Também usamos #mudaBrasil #acordabrasil #vemprarua #ogiganteacordou.”

#Protestomaterno - mães unidas por um Brasil melhor

Queremos um Brasil com menos corrupção, menos impostos, mais justo com a população. Acho um absurdo termos que pagar para estudar, pagar para ter uma saúde de qualidade e pagar pela nossa segurança…vocês já perceberam que além de todos os impostos e taxas que pagamos, quanto do nosso orçamento é destinado para itens básicos que deveríamos ter de graça? Temos que mudar esta realidade e agora é a hora. Confiram as datas e locais de encontro das mães que irão fazer a MARCHA DAS CRIANÇAS pelas cidades do Brasil.

http://1001roteirinhos.com.br/2013/06/lista-colaborativa-de-protestos-maternos-pelo-brasil/

Participem, compartilhem, façam a diferença! #protestomaterno

Especial grávidas: quando surge o colostro?

 O post de hoje é dedicado para as gravidinhas de primeira viagem e que talvez já estejam desesperadas com este mito “de quantidade de leite que irão  produzir ou não”.
E este desespero já começa a aparecer quando temos a notícia que antes do leite aparecer, desce um líquido amarelado que os médicos chamam de COLOSTRO.
Como vocês já me conhecem bem, nem preciso falar que na gravidez da minha primeira filha, nem imaginava que isto surgia e muito menos sabia para que servia!!!  Só fiquei sabendo da existência, depois que a Chiara nasceu e que ela veio mamar a primeira vez. Foi neste momento que orientaram-me para não ficar desesperada que o leite só descia para valer depois de uns 5 dias e que esta substância amarelada era muito importante para os primeiros dias do recém-nascido.
COLOSTRO
Colostro armazenado – foto retirada da matéria do site: http://doulalondrina.blogspot.com.br/2012/11/o-que-e-o-colostro-quais-seus.html
Bom, como tudo que sei é por experiência, fui atrás da minha amigona e super profissional, a ginecologista Dra. Flávia Maciel de Aguiar, de Ribeirão Preto, do blog Gravidinhas e Mãezinhas para explicar  como é este processo do surgimento do colostro. Vejam o que ela escreveu:

“O colostro pode começar a ser produzido bem antes do parto, geralmente no último trimestre, ou só ser produzido após o parto. Varia muito de mulher para mulher, inclusive a quantidades que sai de colostro em cada mamada. A apojadura, que é a descida do leite, surge normalmente em 72 horas, mas pode ser antes ou vários dias depois.”

Bom, em poucas palavras, ela disse tudo! Portanto, não fiquem desesperadas se da prima, vizinha, amiga, cunhada….foi diferente do seu tempo!!! Cada um é cada um e digo mais: cada gestação é totalmente diferente da outra, ou seja, nao é porque você teve algo em uma que vai ter na outra, vice-versa. Não há regras inflexíveis.
O importante é relaxar e curtir o momento. E, se por acaso, tiver dificuldades com a amamentação, procure o banco de leite da sua cidade como escrevi AQUI! Elas são umas fofas e fazem questão de ajudar e receber ajuda!
Amamentar é algo divino que não pode ser associado  com sofrimento e sim com realização e satisfação de poder fornecer o melhor alimento ao seu filho! No começo nada é fácil, mas com o tempo específico de cada um, o bebê e a mãe se conhecem melhor e tudo se encaixa!!!
Vejam os benefícios deste líquido mágico:
image

Teste da mamãe Viver BemBom – remédio para descer o leite

Olá pessoas…

Bom, confiram o vídeo sobre um remédio de homeopatia que eu testei para aumentar a quantidade de leite materno. Será que deu certo?