Como tirar manchas típicas de Festa Junina?

 

Oi gente!

Ontem recebi esta informação e achei muito interessante  compartilhar com vocês.

O texto foi enviado pela agência responsável pela assessoria de imprensa da UNILEVER e como as crianças sempre sujam suas roupas, vou testar estas as dicas em breve! hehehehe

Confiram AQUI também, o evento que participei sobre lançamento de outros produtos da Unilever.

Um beijão!                                                                                                                                                                                                                                                                           

viverbembom - blog da família

Viver Bem Bom e Unilever juntos para facilitar a sua vida!

                         

Olha a mancha…! é mentira

Saiba como tirar manchas típicas de Festa Junina

Chegou o mês de Junho e nessa época todo mundo gosta de participar das típicas Festas Juninas.  Mas depois da quadrilha, sempre ficam algumas machinhas das deliciosas guloseimas dessa época.  Veja algumas dicas para deixar suas roupas limpinhas depois do arraia:

FICA A DICA:

Arroz doce, amendoim doce, pipoca: como estas iguarias contém ingredientes que grudam na roupa é importante primeiramente lavar a peça em água corrente para tirar todo o excesso de resíduos. Depois, você pode aplicar Omo Liquido Progress direto na mancha mais persistente. Por último lave normalmente a roupa na máquina ou na mão.

Quentão: o primeiro passo é absorver rapidamente o excesso do líquido com um guardanapo ou lenço de papel. Apenas pressione-o sobre o local. Umedeça um pano limpo e passe na parte suja para ajudar a remover o resíduo.  Faça o processo o quanto antes, não deixe que o tecido seque, e lave a peça assim que possível.

Vinho quente: recomendamos passar gelo imediatamente no local da roupa, para evitar a absorção do vinho pelo tecido. Assim que possível, lave a roupa com Omo Progress, ele tem ingredientes ativos que agem no tecido e ajudam a retirar a mancha.

Essas são só algumas dicas, mas você pode contar com o OMO para melhorr performance na lavagem da sua roupa.

Mas atenção: para melhores resultados, utilizar a dosagem do produto que consta na embalagem. De maneira simples, sem nenhum segredo, você deixa as suas roupas bem limpas, perfumadas e sem manchas!

Crédito: Omo

Porta-voz: Anelise Pineli Amaral- Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da marca Omo.

 

Precisamos de ajuda: a Família Viver Bem Bom quer viajar em julho! Queremos dicas de locais adequados para crianças…

Gente! Tudo bem?

Que dúvida cruel!!! Realmente precisamos de ajuda! Temos muitas milhas guardadas e não sabemos para onde ir! Na verdade, como sempre, queremos aproveitar com as crianças, mas como vocês sabem, temos 3 faixas etárias diferentes: o nosso bebê de 1 ano Benício, a nossa Chiara de 4 anos e a nossa adolescente Marina de 14 anos!!! O que fazer???

Bom, queríamos aproveitar e viajar para fora do país, mas nada caro, ou seja, AMÉRICA DO SUL (Argentina, Chile, Peru…..) Pensamos em neve, já que os 3 não conhecem… Indicaram um local na Argentina chamado USHUAIA (Cidade do fim do mundo), lá há muitos passeios para crianças…alguém já foi? É bom?

Foto retirada do blog: http://seseguraberenice.blogspot.com.br/2011/04/ushuaia-argentina.html

 Outro lugar que passou pela nossa cabeça foi LAS LEÑAS, tb. na Argentina, descobri que lá tem um parque infantil de sky e que há pessoas especializadas para cuidar dos bebês para os pais poderem esquiar um pouquinho, mas pelo que parece, a única atração é o sky….

Foto retirada do blog:http://palidaypoderosa.blogspot.com.br/2012/08/esqui-com-criancas.html

Amamos Bariloche, o Juninho e eu já fomos para lá e voltaríamos numa boa, mas temos um lema: SEMPRE CONHECER LOCAIS NOVOS, porque gastar dinheiro com a mesma viagem, para nós, não é legal!!! Apesar que as crianças não conhecem…

Dentro do Brasil, há os famosos resorts, mas amo viajar para fora e conhecer novas culturas, novas comidas… A Serra Gaúcha somente eu conheço, tb. é uma opção…o que acham???

Foto retirada do blog:http://viagem-facil.blogspot.com.br/2011/11/roteiro-serra-gaucha.html

Bom, vocês já perceberam que a DÚVIDA está muito presente na nossa cabeça! Lógico que se tivéssemos dinheiro guardado para isso, Disney seria a opção número 1 (viagem dos sonhos), mas ainda não dá!!! Então gente, a ideia é viajar em julho, mais ou menos 1 semana, utilizando milhas!!! Por favor, ajudem-nos…..

Ah, se tiverem opções de sites também, seria ótimo! Depois montarei um SUPER POST com as dicas que receberemos para ajudar a todos!

Um grande bj a todos!

 

 

O que fazer quando os filhos passam mal durante uma viagem?

Oi gente!

Antes de contar para vcs sobre a nossa viagem para o litoral de Santa Catarina, queria ajudá-los a não passar o que passei tanto na ida como na volta: a Chiara vomitando  igual uma louca por ficar enjoada.
Bom, depois de quase precisar jogar o carro fora hehehehehe de tanto fedor…aprendemos algumas estratégias:

1- Forrar a cadeirinha da criança com um lençol ou manta – algo grande e mais grossinho, pois quando a criança vomita é só retirar esta proteção que está tudo limpo! Isto já me salvou algumas vezes….

2- Sempre ter no carro ou na bolsa trocas de roupas, no meu caso, sempre carrego umas 3 trocas quando vamos viajar!!! A Chiara  realmente vomita a cada curva….

3 – Água e lenços umedecidos são tudo na minha vida! hehehehehe… Assim conseguimos limpar a criança e tentar diminuir o odor.

4- Agora a Chiara avisa quando vai vomitar, então carregamos uns 10 saquinhos dentro carro,  já abertos e perto dela (lembrando que sempre colocamos dois saquinhos de uma vez, pois sempre têm um furinho…) Ela avisa e eu já corro colocando a cabeça dela dentro do saco. É uma maravilha….não vaza nada!!!

5- Com relação a alimentação, tento não dar leite antes e durante a viagem, segundo o médico, o leite fermenta e tem difícil digestão. Além de evitar muita comida, tento oferecer somente bolacha maizena ou água e sal, biscoito de polvilho (é mais fácil parar no estômago)…nem sempre consigo!

6- A Chiara assiste muito DVD no carro quando viajamos, mas quando entramos na serra, principalmente, peço para desligar e fechar os olhos, acredito que o enjôo seja menor.

7- Se estamos bem, eu e o Juninho sempre optamos a viagem começando na madrugada, lá pelas 3h / 4h da manhã…assim as crianças ainda estão dormindo e não sentem a viagem…as chances de passarem mal é menor, mas a Chiara já vomitou dormindo, portanto não é uma regra.

8- Por último, temos as opções de remédios, que recomendo vocês consultarem o pediatra, pois não é qualquer remédio que pode tomar em qualquer idade. Na nossa última viagem, utilizei o Dramin gotas, todos falaram que a Chiara iria dormir igual uma pedra, vc. acreditam que ela não piscou o olho???? Mas pelo menos não vomitou  que é o mais importante.

image

image

Gente, apesar do post de hoje ser um pouco nojento, espero que ajude a todos, afinal não escapamos  dessa fase da criança, né??? Uns mais outros menos… Mas também depois que viramos  pais  perdemos as frescuras, então está  tudo OK! HEHEHEHEHE

E com vocês, quais são as estratégias utilizadas???? Contem tudo aqui.

Um grande beijo!

Confiram como foi a primeira vez do Benício na praia / Dicas para ir a praia com criança pequena…

Este feriado fomos para Santos para passar o final de semana. Vocês não têm noção como a Chiara estava eufórica…  ela já tinha ido para praia algumas vezes, mas como o Benício nasceu em janeiro, nós  não fomos no verão passado, então acredito que ela não lembrava de nada.

 Então, juntou a euforia dela com a primeira vez do Benicio… eles pareciam dois “louquinhos” para lá e para cá, circulando pela praia inteira… ela correndo e ele engatinhando atrás dela!
 
Foi emocionante! Lógico que tivemos a tradicional cena de areia indo em direção a boca do bebê… no final ele estava inteiro de areia! Ficou tão cansado que depois de 1 hora de praia, mamou e literalmente desmaiou! hehehehehe
 
Bom, antes de vcs. curtirem as fotos da “farofada” da família Viver Bem Bom, seguem algumas dicas para as mamães de primeira viagem que vão “descer a serra” com os filhotes no verão:
 
1- Use protetor solar e o mais importante é passar antes de colocar o maiô nas crianças, porque o corpinho deles é muito pequeno, dificulta com a sunga ou biquíni . Segue um post que sugiro marcas e falo da minha experiência com relação a alergia.
 
2- Cuidado com protetores solares coloridos, eles normalmente mancham a roupa.
 
3-Usar chapéuzinho que cubra as orelhas e rosto, mas contando que eles não vão ficar muito tempo com ele na cabeça, é essencial  passar protetor na careca dos bebês.
 
4- Cuidado: as fraldas de piscina são ótimas, porque não ficam cheias, mas elas não seguram o xixi… o Benício fez muito xixi em cima de mim neste final de semana! O ideal: colocar a fralda na praia, mas se for complicado ficar de olho para a criança não ficar fazendo xixi pela casa ou pela rua.
 
5- Sempre levar fralda de piscina e fralda normal a mais… e se a criança fizer cocô?!? Tem que trocar… ah, e lenço umedecido tb. não pode faltar (normalmente, na praia, não tem um super fraldário a nossa disposição, né?).
 
6- Se a criança é muito pequena, menos de 1 ano, é interessante ter uma piscininha pequena com cobertura para vc. não ficar preocupada com mar! Coloca os brinquedinhos dentro dela, debaixo do guarda-sol.
 
7- Levar água, fruta, mamadeira, bolacha, biscoito…. depende da rotina do seu filho e do tempo que vai ficar na praia…. Ah, não esquecer de fraldinha de boca ( mais de uma – porque vc. vai limpar muita areia, além da comida! hehehehe)
 
8- É interessante ter água mineral para limpar a criança (mão, rosto….) nem todas as praias estão preparadas com chuveirinho.
 
9- Verificar se as barraquinhas de comida ou os hotéis já deixam cadeiras e guarda-sóis à disposição… isto vale muito a pena, pois já deu para perceber que levamos a casa junto!
 
10 – Toalhas  para secar a criança e sempre uma muda de roupa, para tirar a roupa molhada (se por acaso estiver ventando e frio).
 
11- Se vc. não gosta de  acordar cedo, comece a treinar este hábito… pois ir a praia depois das 10h, não combina com criança pequena! É muito quente e muito cheia!
 
12- Não desgrudar o olho do seu filho… nem para piscar, pois para sair do seu lado e se misturar com a multidão acontece em um segundo! Um acessório legal que ganhei quando comprei o biquíni da Chiara são aquelas pulseiras plastificadas de identificação que vc coloca no braço ou no biquíni ou sunga da criança… se perder, lá estão as  informações necessárias para achar os pais!!! Deus me livre, não gosto nem de pensar…
 
13- Se a criança é pequena, menos de 2 anos, por exemplo, cuidado com as ondas na beirinha da água, pois para nós, adultos, é tranquilo, porém eles não têm controle do corpo, a onda derruba e causa traumas! Com a Chiara aconteceu isso: ela linda e maravilhosa, o primeiro dia na praia, com quase 2 anos, foi entrar no mar e os “antas” dos pais nem se tocaram… o primeiro contato com água foi um belo tombo!!! Resultado: passou o verão inteiro fugindo do mar! Mas agora, com quase 4 anos, ela se virou super bem e o trauma foi superado.
 
Gente, acho que é isso! Se eu lembrar de mais alguma dica, coloco aqui para complementar. E vcs. já passaram por esta experiência? Conta aqui…. todos nós temos algumas dicas para sugerir!
 
Um beijo e confiram o nosso super passeio!
 
 
 

Alimentos nutritivos e rápidos para gestantes

Pessoal, encontrei uma sugestão de alimentos nutritivos e práticos para gestantes, #ficadica

1. Salada de fruta e porções individuais de fruta prontas para o consumo, vendidas em supermercados. Prefira saladas de frutas sem açúcar.

2. Leite de soja ou suco com soja em caixinha. Carregue uma embalagem do seu sabor preferido na bolsa. Dependendo do tipo, uma embalagem já supre até um terço das suas necessidades diárias de vitamina D e cálcio durante a gravidez. Confira os dados nutricionais na embalagem para ter certeza de que o produto contém cálcio. Leites com chocolate de caixinha também valem, mas não abuse, porque eles podem ter açúcar demais.

3. Uva passa. Um punhado de 30 gramas fornece 2 gramas de fibra, 4 por cento da quantidade diária recomendada de ferro e até 1 grama de proteína.

4. Iogurte natural. Esse alimento clássico e conveniente pode fornecer até 25 por cento da sua necessidade diária de cálcio, além de proteína, fibra e várias outras vitaminas e sais minerais. Vale tomar com colher ou de beber. Você também pode bater com frutas, para variar o gosto.

5. Misturinha de cereal, amêndoas e frutas secas. Misture algum tipo de cereal com amêndoas ou castanhas de caju e passas ou a fruta seca de que mais gostar, e mantenha um saquinho no carro, por exemplo, ou na bolsa, para um lanchinho crocante e nutritivo que pode ser feito em qualquer lugar.

6. Bufê de saladas. Aproveite ao máximo essa opção nos restaurantes, em especial nos “quilos”, e sirva-se de verduras, legumes e até frutas. Boas opções são espinafre, cenoura, tomate, erva-doce, pepino, abobrinha. O grão-de-bico é uma ótima fonte de proteína.

7. Palitinhos de cenoura. A cenoura contém bastante vitamina A e fibras. Você pode preparar seus palitinhos de cenoura em casa e carregá-los durante o dia, ou então comprar saquinhos de cenouras baby no supermercado. Outra opção é refogá-las no jantar com outras verduras, como brócolis, couve-flor e espinafre (que podem ser encontrados em alguns supermercados já lavados e congelados, para economizar seu tempo).

8. Queijo. Tenha sempre na geladeira mussarela em nozinhos ou palitinhos, bolinhas de mussarela de búfala ou potinhos de queijo cottage, o que preferir. Se achar versões light, com menos gordura, melhor. O queijo é rico em cálcio e possui alguma proteína. E, desde que você não vá passar o dia inteiro fora num clima muito quente, dá para carregar um pouco na bolsa para o lanchinho da manhã, por exemplo. Só tome cuidado com queijos tipo frescal e queijo coalho, que podem ser feitos com leite não-pasteurizado. Queijos com fungos, como gorgonzola, brie e roquefort, também não são aconselháveis.

9. Sucos naturais. Em qualquer esquina você consegue encontrar um suco de laranja fresquinho, feito na hora. Varie os sabores pedindo para acrescentar acerola, mamão ou cenoura, ou o que você gostar mais. Sucos feitos com a própria fruta são mais nutritivos que os feitos com polpa congelada, portanto não deixe de perguntar como eles são feitos e prefira os frescos.

10. Cereal matinal. Prefira os que não são doces. Às vezes eles são vendidos em embalagens individuais. Senão, compre um pacote grande, abra, ponha uma porção num potinho bem fechado e leve para o trabalho. Vai ser ótimo encontrar alguma coisa para comer na hora da fila do banco ou na sala de espera do médico. Quase todos os cereais matinais são enriquecidos com ferro e vitaminas.