Evento de lançamento – Unilever Limpadores

Oi gente! Como vocês acompanharam pelas minhas redes sociais, esta semana participei de um evento da Unilever maravilhoso. Neste dia, ocorreu o pré-lançamento de dois produtos que estão chegando ao Brasil para ajudar as famílias brasileiras. Afinal, a meta da empresa é facilitar a nossa vida, tornando o momento da limpeza doméstica menos “árduo”, ou seja, limpeza mais eficiente com menos esforço.

image

20130419-134103.jpg

 

O investimento da empresa em pesquisas para inovações constantes é altíssimo. Fiquei abismada quando apresentaram alguns dados de uma pesquisa que fizeram sobre a mulher brasileira:

Durante toda a vida de uma mulher, ela dedica 12 anos da sua vida inteira com limpeza ( ahhhhh inacreditável)

Nós somos as mais “neuróticas” do mundo por deixar tudo limpo ( isto eu já sabia hehehehehehe)

75% das mulheres da população brasileira trabalham fora ( é a maior taxa do mundo) e, na maioria dos casos, são as mesmas mulheres que fazem a faxina em casa.

Nós somos “rainhas” em fazer “coquetéis” de produtos de limpeza (sendo que esta mistura toda nao é recomendável, pois pode ser prejudicial à nossa pele e também estragar a superfície do local aplicado)

image

O evento contou também com a apresentação de alguns profissionais da Unilever falando sobre a empresa, mas também, tivemos a palestra de duas pessoas ilustres:

Marcelo Rosenbaum – Arquiteto do “Lar Doce Lar” – do programa do Luciano Huck

image

Ele falou do programa, quanto agrega para sua vida e mostrou as 4 casas que transformaram e que considera os melhores projetos. As transformações são fantásticas, ainda mais agora que fiquei sabendo dos porquês de cada detalhe.

image

image

Dr. Roberto Martins Figueiredo – Dr. Bactéria ( ficou conhecido com este nome por causa do quadro que apresentou no Fantástico durante muito tempo, hoje trabalha na Record, no programa da Ana Hickman)

image

Esta palestra além de ser muito enriquecedora, foi muito divertida! Como ele passa informações delicadas com muito bom humor.

Algumas dicas que são interessantes acrescentar à nossa vida:

– Depois de quanto tempo precisamos colocar a comida na geladeira? Após 2 horas de ter sido feita ( porque uma comida pode não estar estragada, mas pode estar com bactérias…afinal, nós comemos comidas estragadas todos os dias: salame é carne estragada, pão é massa estragada…. Então medir por estar azedo, não é indicado!

– Pode comer “aquele pedaço de bolo” mesmo tendo encontrado uma formiguinha nele?? Nããoooooo! Por quê? Diferente do a gente pensa, formiga não faz bem para a vista heheheheh e além de tudo ela come outros seres não muito limpos, por exemplo, a barata, ou seja, indiretamente estamos comendo barata….que nojo!

image

– Diferente do que nós pensamos, sabe qual é o local da casa mais sujo? A cozinha, mais exatamente a pia! Exatamente onde preparamos a comida….

image

Bom, Camila, mas vamos ao que interessa….quais são os produtos que foram lançados e para que servem?????

São eles: CIF CREMOSO e VIM

image

Antes de tudo quero falar que amei! Fizeram testes ao vivo e é impressionante a eficiência sem o mínimo esforço dos dois produtos. Segue abaixo o texto enviado pela Assessoria de imprensa da Unilever explicando sobre A linha

CIF CREMOSO e VIM. Confiram:

Sobre Vim

image

A nova linha Vim Cloro Gel – a evolução da água sanitária – possui uma formula consitente e capaz de matar todos os tipos de germes, até os que a água sanitaria e outros desinfetantes deixam para trás, inclusive virus e bactérias. A novidade pode ser utilizada em toda a casa, mas principalmente no banheiro; em que há maior concentração de tipos de germes. Um banheiro chega a ter 189 diferentes tipos de germes. Para se ter uma ideia da multiplicação destes micro-organismos, um germe vira dois milhões em sete horas.
A consistência do cloro em formato gel permite que o produto se fixe melhor às superfícies verticais, permanecendo mais tempo e rendendo três vezes mais que as águas sanitárias comuns. Além disso, a formula contém detergente e fragrâncias agradáveis de citrus e floral, além da variante original. Vim cloro em gel pode ser utilizado puro ou diluído.

 

Sobre Cif

image
A linha Cif chega para facilitar a rotina de limpeza domestica das consumidoras. Com uma linha completa ideal para todas as superfícies da casa, a marca oferece produtos inovadores em dois novos formatos: Cif cremoso limpeza profunda – versões original e limão; e Cif powersprays especialistas, com as melhores formulações globais em limpadores para cada tipo de ambiente e superfície. Conheça a linha completa:

Cif creme
Cif cremoso limpeza profunda: trata-se de um limpador com uma fórmula exclusiva, que garante a limpeza mais profunda, cuidando das superfícies de toda a casa sem riscar. Cif cremoso contém um alto poder de limpeza e milhares de micro-partículas que ajudam a remover facilmente até as sujeiras mais difíceis, além de resgatar o brilho das superfícies. O produto oferece um excelente custo benefício, pois uma embalagem de Cif cremoso tem mais poder de limpeza do que sete embalagens de limpadores comuns. A consumidora encontrará em duas variantes: original e limão.

Cif powersprays especialistas
Cif Banheiro: limpa e desinfeta as superfícies sem deixar resíduos. Sua formula possui cloro, capaz de eliminar mofo, limo e até manchas. Além disso, quando usado regularmente, Cif banheiro ajuda a eliminar com eficácia o limo que fica depositado, e previne a sua futura formação.
Cif Desengordurante: a novidade possui uma poderosa fórmula exclusiva que remove as sujeiras mais persistentes com grande facilidade. Com uso constante, Cif Desengordurante ajuda a prevenir a aderência de resíduos.
Cif Vidros: o poduto possui poder concentrado de limpeza para manter vidros, plásticos, acrílicos, fórmicas e espelhos com aparência brilhante em apenas uma utilização. Pode ser usado também para limpar televisores e monitores.

Os novos produtos poderão ser adquiridos em supermercados de todo o país a partir do mês de abril. Os preços sugeridos são:
Vim cloro em gel original, floral e citrus 750 ml – R$ 7,00; e Vim cloro em gel original e floral 300 ml – R$ 5,00.
Cif variantes limão e original 500 ml, 250 ml e 100 ml – R$7,50; R$ 4,40 e R$ 1,99. Cif banheiro gatilho 500 ml – R$ 10,00; refil 500 ml – R$ 8,50; squeeze 500 ml – R$ 5,70 e sache econômico 500ml – R$ 6,90. Cif desengordurante gatilho 500 ml – R$ 9,00; refil 500 ml – R$ 7,20; squeeze 500 ml – R$ 5,70, e sache econômico 500 ml – R$ 5,70. Cif vidros gatilho 500 ml – R$ 8,00; refil 500 ml – R$ 6,40, e sache econômico 500 ml – R$ 5,20.

Para finalizar, tirei uma foto estilo “revista caras” na recepção do evento. Amei!! Agora não vejo a hora de comprar os produtos e começar a usar aqui em casa. Depois contem-me se vocês gostaram também! Um grande bj e até mais….

image

O que fazer quando os filhos passam mal durante uma viagem?

Oi gente!

Antes de contar para vcs sobre a nossa viagem para o litoral de Santa Catarina, queria ajudá-los a não passar o que passei tanto na ida como na volta: a Chiara vomitando  igual uma louca por ficar enjoada.
Bom, depois de quase precisar jogar o carro fora hehehehehe de tanto fedor…aprendemos algumas estratégias:

1- Forrar a cadeirinha da criança com um lençol ou manta – algo grande e mais grossinho, pois quando a criança vomita é só retirar esta proteção que está tudo limpo! Isto já me salvou algumas vezes….

2- Sempre ter no carro ou na bolsa trocas de roupas, no meu caso, sempre carrego umas 3 trocas quando vamos viajar!!! A Chiara  realmente vomita a cada curva….

3 – Água e lenços umedecidos são tudo na minha vida! hehehehehe… Assim conseguimos limpar a criança e tentar diminuir o odor.

4- Agora a Chiara avisa quando vai vomitar, então carregamos uns 10 saquinhos dentro carro,  já abertos e perto dela (lembrando que sempre colocamos dois saquinhos de uma vez, pois sempre têm um furinho…) Ela avisa e eu já corro colocando a cabeça dela dentro do saco. É uma maravilha….não vaza nada!!!

5- Com relação a alimentação, tento não dar leite antes e durante a viagem, segundo o médico, o leite fermenta e tem difícil digestão. Além de evitar muita comida, tento oferecer somente bolacha maizena ou água e sal, biscoito de polvilho (é mais fácil parar no estômago)…nem sempre consigo!

6- A Chiara assiste muito DVD no carro quando viajamos, mas quando entramos na serra, principalmente, peço para desligar e fechar os olhos, acredito que o enjôo seja menor.

7- Se estamos bem, eu e o Juninho sempre optamos a viagem começando na madrugada, lá pelas 3h / 4h da manhã…assim as crianças ainda estão dormindo e não sentem a viagem…as chances de passarem mal é menor, mas a Chiara já vomitou dormindo, portanto não é uma regra.

8- Por último, temos as opções de remédios, que recomendo vocês consultarem o pediatra, pois não é qualquer remédio que pode tomar em qualquer idade. Na nossa última viagem, utilizei o Dramin gotas, todos falaram que a Chiara iria dormir igual uma pedra, vc. acreditam que ela não piscou o olho???? Mas pelo menos não vomitou  que é o mais importante.

image

image

Gente, apesar do post de hoje ser um pouco nojento, espero que ajude a todos, afinal não escapamos  dessa fase da criança, né??? Uns mais outros menos… Mas também depois que viramos  pais  perdemos as frescuras, então está  tudo OK! HEHEHEHEHE

E com vocês, quais são as estratégias utilizadas???? Contem tudo aqui.

Um grande beijo!

Mitos e Verdades sobre a vacinação

Pessoal, confiram esta matéria sobre vacinas que explica sobre algumas situações que nunca sabemos se devemos ou não dar a vacina naquele momento.

Fonte:

http://itodas.uol.com.br/mae/perdi-o-prazo-da-vacinacao-do-meu-filho-e-agora-24058.html

 

A importância da vacina quando crianças

“Vacinar o seu filho é a melhor forma de protegê-lo contra doenças adversas, aumentando a expectativa de vida e diminuindo a mortalidade infantil.

No Brasil, o Programa de Imunizações (PNI) criado e gerenciado pelo Ministério da Saúde tem como principal objetivo manter o controle de todas as doenças que podem ser erradicadas ou controladas com o uso da vacina.

Por ser de extrema importância para a saúde da população, os pequenos logo ao nascer já recebem duas vacinas ainda na maternidade- a BCG vacina contra a tuberculose e a vacina contra a hepatite B.

“A vacina é feita com os próprios microrganismos que causam as doenças, mas esses sem poder de ataque” explica o presidente da Sociedade Brasileira de Imunização, Renato Kfouri.

A vacina acaba inibindo o desenvolvimento da doença formando anticorpos contra ela. Por isso, vacinar é uma forma de proteção, carinho e amor.

Esse tema causa questionamento em muitos pais. Diante disse, o Dr. Renato Kfouri esclarece alguns mitos e verdades sobre a vacinação.

Acompanhe!

Vacinar o pequeno doente

A relação de contra-indicações são raras. A vacina somente deverá ser adiada quando a criança apresentar febre aguda nas últimas 24 horas. Outros sintomas, como diarréia e gripe, não interferem e não devem ser motivo para a ausência da criança no dia da vacina.

Vacina dói?

Existem três tipos de vacinas:

– as chamadas intramusculares: são as mais doloridas e muitas vezes deixam o local da picada sensível por horas, causando um pouco de incômodo. Elas são aplicadas dentro do músculo.

– as chamadas vias subcutâneas: aplicadas na camada mais superficial da pele (tecido subcutâneo), são menos doloridas.

– as chamadas vias intradérmicas: os medicamentos são aplicados entre a derme e epiderme (tecidos da pele). O volume aplicado é sempre muito pequeno, o que faz com que a criança não sinta dor.

Como amenizar a dor da vacina

Usar compressas frias até as primeiras 24 horas e depois fazer o uso de compressas quentes e analgésicos se a dor persistir.

O dia da vacina passou, e agora?

O ideal é que a criança seja vacinada no dia agendado pelo médico. Mas até 15 dias após o dia marcado a criança ainda está protegida, depois disso o corpo fica sem defesa.

Reação da vacina é sinal de eficiência?

A única vacina que precisamos da reação como sinal de eficiência é a BCG, chamamos isso de pega vacinal. O restante não precisa dessa comprovação, e é errado pensar que reação é sinônimo de eficiência.

A gotinha é segura?

Em raríssimos casos a pólio oral sofre reversão em indivíduos vacinados. Ainda encontramos alguns raros casos de paralisia pela vacina, pois nas duas primeiras doses o vírus é implantado vivo no organismo. Mas diante desses poucos casos em que houve a reversão da vacina, o Brasil implantou em agosto de 2012 a nova vacina que consiste na injeção do vírus morto, o que impede 100% da criança desenvolver a poliomielite.

Vacina da gripe

Muitas pessoas tomam a vacina e acham que ela estimula o organismo a desenvolver a gripe depois da ingestão. Mas estão erradas ao pensar assim. A vacina, diferente da poliomielite, é feita com o vírus morto, ou seja, não existe nenhuma possibilidade para desenvolver a doença. Biologicamente é inviável.”

O que fazer quando acontecem as “famosas” QUEDAS?

Oi pessoal!!!

Levanta a mão quem ainda não se desesperou porque seu filho rolou e caiu da cama? Acredito que grande parte levantaria a mão, não é? Às vezes, demora um pouco para acontecer, mas infelizmente, passaremos por isso um dia… quedas são inevitáveis, mas o que fazer?!? Apenas desesperar não faz parte das melhores condutas para acudir nossas crianças…

Pensando nisso, fui atrás de algumas matérias que falam sobre este assunto, pois eu sou daquelas que entro em pânico e não sei  que fazer…só penso em colocar gelo na hora, mas comigo já aconteceu de tudo…. e, quase sempre, estava sozinha com as crianças, para melhorar a situação…hehehehe

De tudo que li, gostei muito desta matéria da Baby Center: http://brasil.babycenter.com/baby/protecao/quedas/

A matéria orienta como devemos proceder de uma forma mas completa, mas basicamente, confiram o que fazemos aqui em casa:

  1. Gelo: sempre que caem, colocamos gelo o mais rápido possível (O Benício só caiu uma vez, mas vive batendo, de leve, o “coco” em algum lugar…
  2. Abraçar a criança para acalmá-la e passar segurança (normalmente, com a Chiara, fazemos aquela estratégia do beijinho no dodói, sempre a dor passa num “passe de mágica” hehehe);
  3. Quando corta ou dá uma ralada, nós lavamos o local com água e sabão e passamos antiséptico (compramos band-aids de personagens, ajuda muito na hora do curativo);
  4. Se bateu a cabeça, não deixamos dormir por uma hora e verificamos durante o dia se está tudo bem;
  5. Se tiver dúvidas, leve para o hospital…graças a Deus, a Chiara só levou 1 tombo muiiiiittttoooo feio na vida dela…ela estava dormindo e caiu igual um “saco de batatas”, com a cara no chão de piso frio, imaginem….destruiu a testa, nariz e boca…ela ficou tontinha, não parava em pé…levamos para o hospital na hora (eu chorava mais que ela, pois fui eu que deixei ela cair da cama…me senti muito culpada!!!). No hospital fizeram exames, e para minha felicidade, estava tudo certo. Aqui em casa, não bobeamos, se estamos na dúvida, não deixamos passar… ligamos para o pediatra, vamos para a emergência…

O importante é sempre tentarmos previnir uma queda, pois por mais normal que seja a criança levar uns tombos (principalmente quando começa a andar e correr), não podemos dar sorte ao azar, afinal, quantos casos vocês já ouviram que de um tombo simples virou algo mais sério?!? Morro de medo, faço de tudo que está ao meu alcance para evitar as quedas dos meus pimpolhos!!!