Gramado em família – parte 2 – passeios

Oi pessoal!

Tudo bem?

Como prometido, estou de volta para continuar a escrever sobre
Gramado! O post de hoje é sobre os passeios que fizemos: desde parques temáticos até museus… Para ler e rever o primeiro post com dicas gerais, clique AQUI.

Para seguir uma ordem cronológica na minha cabeça, vou falar na ordem que visitamos, mas na verdade não planejamos muito, fomos visitando conforme a rotina das crianças e conforme íamos descobrindo os locais.

Dica: pensem que não estamos livre de chuva, então se o dia estiver bom, priorizem os locais abertos, pois nós nem ficamos ligados neste item e, no dia que iríamos visitar o Alpen Park e o Gramadozoo choveu e era o último dia, ou seja, ficou para a próxima!!! Heheheh… Vivendo e aprendendo!

Dia 1

Mundo Gelado – Canela (estrada)
Este parque não é muito divulgado e também a avaliação dele no tripadvisor não é boa, porque acredito que é caro para um passeio rápido, mas a Marina e a Chiara amaram. Tem toda uma preparação de colocar uma roupa apropriada, passa um vídeo contando uma história bem legal e depois entramos em uma “caverna de gelo” com 12 graus negativos. São várias esculturas em gelo que podemos sentar, deitar e livre para tirar foto e filmar. Custa R$ 25,00 por pessoa – aceita cartão

Dica: apesar do Benício ter entrado junto, realmente é muito frio… não vale a pena expormos um bebê que não entende o que é aquilo a esta temperatura!

Esculturas de gelo - mesa com bancos

Esculturas de gelo – mesa com bancos

mundo Gelado floc viverbembom canela

Este é o lugar por onde o FLOC, personagem do Mundo Gelado, chegou a Gramado.

Parque Caracol – Canela (estrada)
Visita obrigatória! Se tiverem tempo, é um parque enorme com trilhas, passeios de trem, feira de artesanato e, lógico a maravilhosa Cachoeira do Caracol. Como estávamos com o Benício que não pára no carrinho, não fizemos as trilhas (mesmo porque as trilhas têm escadas…), mas aproveitamos o local e almoçamos por lá. Tem uma lanchonete com fogão a lenha que serve várias comidas diferentes e que parecem de casa de vó. Amei…
Custa 12,00 por pessoa  – aceita cartão e lá dentro há atracões que pagam a parte que não aceitam cartão, por exemplo uma vista panorama da cachoeira que eu adoraria ver, mas estávamos sem R$1,00 em dinheiro…

Dica: foi na feira de artesanato de lá que comprei os gorros das crianças de animais, achei o preço de tudo mais em conta do que no centro de Gramado.

Viva a natureza! A maravilhosa cachoeira do Caracol

Viva a natureza! A maravilhosa cachoeira do Caracol

Parque Temático Florybal – Canela (estrada)
Lindo! Um parque mágico dentro de uma “floresta”. Você vai andando pelo parque e passando por alas: tem a dos homens de pedra, a ala da fé, a dos índios até chegar na terra dos dinossauros… Ele se mexem, me senti no filme do “Parque dos Dinossauros”
Dica: se possível, vá logo cedo, pois anda-se muuuiiiiittttoooo! Como nós fomos depois do almoço, chegou uma hora que ninguém agüentava mais… Ahhh, vá de tênis. Hehehehe. Vale muito a pena.

Custa R$ 30,00 por pessoa – aceita cartão

florybal gramado viverbembom

Família Viver Bem Bom neste mundo do faz de conta!

Chiara com seu gorro novo de tigre, balançando junto com o duende.

Chiara com seu gorro novo de tigre, balançando junto com o duende.

Centro Gramado / Rua Coberta
Fomos à noite passear  no Centro de Gramado. Que cidade linda e charmosa! Passamos por onde acontece o Festival de Cinema de Gramado, pela Igreja (como era Corpus Christi estavam aqueles tapetes no chão que são feitos com diversos materiais, lindos!), passeamos pela rua principal e acabamos na Rua Coberta. Não jantamos lá, mas fiquei morrendo de vontade, é uma rua super aconchegante, porque como ela é coberta… é mais quentinha, cheia de restaurantes…. Delícia!

Dica: para criança, na época que fomos (começo de junho), é muito frio passear à noite… pegamos menos de 8 graus, às 20h30. Recomenda-se muito agasalho, proteção para as orelhas, luvas e se tiver no carrinho, cobertor!

Puro glamour... imaginem nos dias do festival como deve ser???

Puro glamour… imaginem nos dias do festival como deve ser???

Dia 2

Mini Mundo – Gramado
Uma mini cidade feita em miniaturas… Lindo! Que trabalho fantástico! Todas as miniaturas são réplicas de algum local e, em muitas delas há sonorização também, como por exemplo, o Aeroporto de Bariloche… parece que estamos vendo um mini aeroporto funcionar com a mulher falando os próximos vôos! Muito legal… A miniatura mais recente é o Museu do Ipiranga, em São Paulo, idêntico!
Custa R$ 18,00 por pessoa e não aceita cartão

Dica: muito difícil andar com o carrinho lá dentro, melhor opção é o sling ou no colo!

O interessante é ir explicando para a criança o que é cada réplica!

O interessante é ir explicando para a criança o que é cada réplica!

Além de ser lindo, é rico nos detalhes.. passear com calma reparando em tudo... cada cenário você consegue sentir o que o artista quis transmitir!

Além de ser lindo, é rico nos detalhes.. passear com calma reparando em tudo… cada cenário você consegue sentir o que o artista quis transmitir!

Igreja de Pedra – Canela
Entramos na cidade de Canela por um acaso, reparamos que precisaríamos tirar dinheiro, porque nem todos os passeios aceitavam cartão. Ainda bem que entramos, não é uma cidade tão charmosa como Gramado, mas é uma delícia e, pelo jeito, uma opção mais barata também. Almoçamos por lá e pagamos a metade do que pagaria em Gramado. Bom, sem falar, na Igreja de Pedra, que é muito linda e diferente. Lá dentro, tiramos uma foto com a réplica de cera do Papa João Paulo II.  R$ 10,00 a foto.

A Igreja é enorme, vejam como estamos pequenos na foto.

A Igreja é enorme, vejam como estamos pequenos na foto.

Mundo a Vapor – estrada Canela – Gramado
Museu  que conta a história das máquinas a vapor. Muito bonito e muito ilustrativo, cada espaço tem uma pessoa que explica a história e o conteúdo em si. Achei que a Chiara, que tem 4 anos, não fosse se interessar, porque é bem educativo, mas ela prestou atenção em todas as explicações… Amou e aprendeu! Heheheheh
Preço: R$ 16,00 por pessoa – Não aceita cartão

Demonstração em miniatura de uma fábrica de papel. Eles produzem o papel na hora e te dão como lembrança. Demais!

Demonstração em miniatura de uma fábrica de papel. Eles produzem o papel na hora e te dão como lembrança. Demais!

O próximo passeio que abordarei será sobre a mágica Aldeia do Papai-Noel, mas este será assunto para o post número 3 – mais passeios.  Fiquem antenados no Viver Bem Bom porque logo logo este post com mais dicas de passeios já estará no ar. Deu para perceber que fizemos muitas coisas em 4 dias, né? Compartilhem conosco, a experiência da família em Gramado.

Um beijão e até mais!

7 thoughts on “Gramado em família – parte 2 – passeios

  1. Deu até vontade de voltar, nós não conseguimos fazer todos os lugares, até pela questão tempo e dinheiro, mas temos a intenção de voltar, agora a filhota vai aproveitar mais pois está maior. Adorei as fotos, esse passeio é super , mega maravilhoso.
    Bjs
    #amigacomenta

  2. Pingback: Gramado em família - parte 3 - dicas de passeios continuação | Viver BemBom

Obrigada pela participação! Um grande abraço da Família Viver Bem Bom