#protestomaterno – Um Brasil melhor para os nossos filhos

Oi gente!

O post de hoje é mais do que especial, é uma forma que nós, mães, encontramos para também poder colaborar com a nação brasileira.

Selo oficial da campanha

Selo oficial da campanha

O Protesto Materno surgiu da vontade de mães fazerem algo pelo país, já que nem todas podem ir para as ruas com o seu filhote. O movimento começou com a adesão de mães blogueiras (mais de 150), que postam em seus blogs nessa sexta-feira suas visões e opiniões sobre o movimento legítimo e democrático que toma conta das cidades! O protesto reúne outras centenas de mães conectadas – que já estão divulgando o manifesto virtual via redes sociais – e as que decidiram levar essa união materna de volta para as ruas.

O intuito é engrossar as manifestações pacíficas que estão acontecendo pelo Brasil, apoiando mudanças além dos 20 centavos e que, sem dúvida, podem fazer da nação verde-amarela um lugar melhor para nossos filhos. Lutamos por educação, saúde, segurança, menos impostos, um basta a corrupção e impunidade.

Nem precisa ser mãe para divulgar o banner e a tag #protestomaterno, criados para representar a iniciativa – que pertence a todas as famílias brasileiras! Mas que fique claro; isso não é apenas a circulação de um banner bonitinho; é a união de pessoas realmente preocupadas com o futuro dos filhos!

Já são mais de 150 blogs maternos participantes, com o apoio de movimentos nas ruas de várias cidades. Nesta sexta-feira, às 10 horas da manhã, haverá um twitaço para balançar esse país!

Porque quem disse que mãe só entende de fralda?! Mãe entende do futuro dos filhos e quer o melhor para eles! Vem com a gente! Ajude, compartilhando, escrevendo, divulgando os links e acompanhando pela tag #protestomaterno! Também usamos #mudaBrasil #acordabrasil #vemprarua #ogiganteacordou.”

#Protestomaterno - mães unidas por um Brasil melhor

Queremos um Brasil com menos corrupção, menos impostos, mais justo com a população. Acho um absurdo termos que pagar para estudar, pagar para ter uma saúde de qualidade e pagar pela nossa segurança…vocês já perceberam que além de todos os impostos e taxas que pagamos, quanto do nosso orçamento é destinado para itens básicos que deveríamos ter de graça? Temos que mudar esta realidade e agora é a hora. Confiram as datas e locais de encontro das mães que irão fazer a MARCHA DAS CRIANÇAS pelas cidades do Brasil.

http://1001roteirinhos.com.br/2013/06/lista-colaborativa-de-protestos-maternos-pelo-brasil/

Participem, compartilhem, façam a diferença! #protestomaterno

Festa infantil em buffet ou em casa? Qual é a melhor opção?

Oi pessoal!

Faz tempo que queria escrever sobre este tema para vocês, afinal foi na festa de aniversário da Chiara deste ano que obtive a minha primeira experiência em buffet infantil.

20130309_123106

 

Foi muito linda, mas como tudo na vida, há prós e contras. Nem preciso falar que a principal vantagem de se fazer em buffet infantil é que podemos chegar na hora da festa e está tudo pronto! Isto é fantástico! Cansaço zero!

DSC_0131

IMG-20130310-WA0012

Outro ponto positivo são os brinquedos para a criançada, eles se divertem muito! E os buffets estão cada vez mais profissionais neste quesito: até percurso de arvorismo tinha neste que fiz a festa. (Porém, quando fazemos a festa em casa podemos também alugar brinquedos e/ou contratar uma empresa de recreação que também é muito legal)

20130309_144829

20130309_130412

20130309_145340

A tranqüilidade de contratar tudo em um mesmo local, confirmar tudo com uma pessoa só, também é muito positivo. Não precisa ficar ligando para o moço das cadeiras, a moça dos doces, bebidas…. (se bem que agora há empresas que podemos contratar para o local da festa e oferece todos os serviços). Porém, é interessante ligar na semana da festa no buffet para confirmar todos os serviços contratados, é uma garantia para não termos surpresas desagradáveis na hora.

20130309_145657

Encontro das primas de várias “gerações” da Chiara, da vovó Cleide, da tia avó Neide e da tia-bisavó Ivone (que confusão!!!hehehe)

20130309_150020
Outra vantagem é que os buffets são apropriados para festas infantis, ou seja, não fica nada adptado como em casa, que às vezes o salão é pequeno, ou a área não é coberta, ou tira todos os móveis.

20130309_150755

No buffet, literalmente não precisa se preocupar com nada, tudo chega na sua mão com muita tranqüilidade…não precisa se desesperar como em casa: cadê o fósforo? escrever o nome nos presentes??? quem apaga a luz???? hehehehehe quem nunca se preocupou com isto????

IMG-20130310-WA0006

Agora, o maior ponto negativo do buffet é a impessoalidade, ou seja, nada foi feito por vc, quase um delivery: agora sai uma festa das princesas, a noite dos carros, amanhã da barbie… e assim por diante! tudo igual para todos! De verdade, não me agrada nem um pouco… gosto de colocar a mão na massa e preparar a festa pensando qual é a decoração que mais tem a ver com meus filhos, a lembrança, gosto de personalizar!

20130309_122514

Apesar de ter a lembrança do buffet, eu criei a lembrancinha personalizada, que foi um imã de geladeira, que já é tradicional na nossa família (fazemos coleção!!!hehehehe). Disto eu não abri mão!!!

Chiara aniversário 4 anos certo

Outro ponto negativo é o preço, sai bem mais caro do que uma festa organizada por vc. Mas se vc. quer ter tranquilidade, vale a pena, pois hoje os buffets dividem em várias vezes o valor da festa, ou seja, mal terminou de pagar uma, já começa a pagar do outro ano….Acho que vou abrir um “consórcio” para festas infantis!!! heheheh o que acham???? brincadeira…

Na verdade, a festa vai se adequar a realidade dos pais: disponibilidade, o quanto quer gastar, estilo de vida, no momento de vida que a família está enfrentando… mas, o que vocês devem estar se perguntando agora??? Tudo bem Camila, você escreveu, escreveu, escreveu…mas o que vc. faria hoje se tivesse um outro filho?

1 – Se não ligasse para o “encontro da família e amigos” (pois são nestes momentos que conseguimos reunir todos), eu não daria festas, todos os anos comemoraria com uma viagem super especial!!!

2 – Porém, acredito que na época em que todos os amigos começam a dar festas, o meu novo filho iria solicitar algo neste quesito, ou seja, se não me importasse com o encontro familiar, faria uma tarde especial do meu novo filho com os amigos apenas.

3 – Hand made ou buffet? Depende da correria da minha vida: não adianta nada fazer tudo personlizado, feito por você e no dia da festa não aproveitar, porque está caindo de sono e de cansaço. Hoje, optarei por buffet ou alguma empresa que me traga tudo! Apesar de não me satisfazer como mãe com isto! Mas fazer o quê…querer não é poder!!!

4 – Sonho de consumo: atingir o “menos é mais”, ou seja, gostaria que a festa não fosse vinculada a presentes e sim, ao prazer de estar ao lado das pessoas e viver o momento! Uma festa ideal para mim seria cada convidado trazer um prato de comida e o aniversariante daria o bolo, sem decoração, mas uma programação de atividades com o envolvimento das pessoas, viver o momento… um almoço de domingo na casa da avó, por exemplo!!!!hehehehehe Mas como explicar para o aniversariante que não irá ganhar presentes??? a nossa família ainda não conseguiu chegar nesta EVOLUÇÃO..quem sabe um dia! Alguém já vive este exemplo de festa ou algo parecido???

 

“Filosofei” demais…hehehe um beijão e enviem comentários!!! Até mais..

 

 

 

Como a CULPA te ajudou a mudar positivamente!!! Tema do mês Campanha “Culpa, Não!” da Revista Pais & Filhos

Oi gente!

Hoje o post é muito especial. Como todos sabem, eu curto e participo da campanha CULPA, NÃO! da Revista Pais & Filhos (https://www.facebook.com/#!/culpanao?fref=ts). Clique AQUI e   AQUI   para conferir outros links sobre este assunto.

 

E esta semana, fiquei muito feliz ao receber um convite para colaborar com meu depoimento sobre o tema da campanha deste mês: COMO A CULPA TE AJUDOU A MUDAR POSITIVAMENTE! Ou seja… CULPA, SIM! Ainda bem que surgiu a culpa… hehehehe

Bom, fiquei pensando em diversas situações que aconteceram e que me fizeram mudar de atitudes, mas o que me veio com significância foi o meu DESPREPARO TOTAL NA GRAVIDEZ da minha primeira filha: da Chiara.

Quando penso em tudo que aconteceu por imaturidade minha, surge uma culpa enorme, porém se me transformei nesta “SUPER MÃE” que me considero, acredito que este momento da minha vida foi o principal responsável por esta mudança.

Mas, o que aconteceu????

Bom, fiquei grávida sem planejar, afinal não tinha tempo para ter filhos, já que o trabalho estava em primeiro lugar! Além do susto, misturado com alegria, fiquei sabendo que estava grávida, mas durante toda a gravidez continuei o mesmo ritmo frenético, por mais que os outros falassem que tinha uma VIDA dentro de mim, que só dependia do meu amor e dos meus cuidados, achava que tudo era normal e que nada tinha que mudar, mesmo VALORIZANDO a gravidez e estar muito feliz, eu não tinha NENHUMA noção do que era isso.

Os meses foram passando e a gravidez complicou: tive várias infecções urinárias (umas 15 no total), e entre uma dessas, com 6 meses, tive que internar, pois não conseguiam mais controlar. O engraçado que fiz tudo que uma grávida faz no quesito “status”: chá de bebê, decoração do quarto, enxoval, mas o mais importante que era diminuir o ritmo, cuidar de mim e da minha filha… nem passou perto! Para vocês terem noção, eu não me interessava nem em ler ou fazer cursos sobre gravidez (fiz um curso de gestante com a irmã de uma amiga nossa uma semana antes de ter a Chiara, porque ela insistiu muito!). Não sei se este meu comportamento foi porque meu marido já tinha uma filha, a Marina, então estava tranquila porque ele era “experiente”, ou se porque na minha cabeça, ter um filho, era como qualquer mudança na vida da gente: temos que fazer um check list das coisas que temos que fazer e se preparar: como para uma festa de aniversário, ou uma mudança de casa… SIMPLES ASSIM! Inacreditável, né?

Nem preciso falar que o parto da Chiara foi de emergência, né? O médico querendo me avisar que a minha filha tinha que nascer naquela hora, pois ela estava correndo risco de vida (estava com o cordão muito enrolado e muito apertado no pescoço) e eu preocupada com o evento que eu tinha que organizar a noite!!!

Ela nasceu, graças a Deus, tudo certo, mas, à noite tive mais uma lição: a pessoa que estava ao meu lado no quarto, teve a notícia na minha frente que a filha teve complicações e infelizmente não sobreviveu! Resultado: passei a noite inteira tentando consolar esta mãe! E pensando que isto poderia ter acontecido comigo, afinal a todo momento estive no limite e nunca tinha me tocado disso!

Depois de tudo que relatei a vocês, é impossível não EXISTIR CULPA, porém apenas hoje consigo ver como fui ABENÇOADA em todos os momentos e como APRENDI A AMAR VERDADEIRAMENTE. Aprendi a ser mãe, me tornei uma mãe de verdade e todos que me conhecem sabem que por mim teria mais uns 10 filhos. Nâo há uma realização maior! Tudo fica muito pequeno quando o assunto principal são SEUS FILHOS!

Na gravidez do Benício curti cada segundo… aprendi a amar a Marina, minha enteada, como minha filha também e espero ainda poder ser abençoada novamente! Ser mãe possibilitou-me a ser uma pessoa muito melhor! AMOOOOO  MUTO….um grande bj e até mais!

bike

O nosso dia dos pais foi uma delícia!!! Confiram…

Gente…tudo bem????

Ontem o Juninho comemorou o seu primeiro dia dos pais com seus 3 filhos! E a proposta era programarmos algo que não fazemos todos os finais de semana….depois de muito ” debate” decidimos….fomos para Bueno de Andrada comer coxinha.

Para quem não conhece, Bueno de Andrada é um subdistrito de Araraquara e lá ficam as melhores coxinhas do Brasil!!!! Segue um link de post que já fiz sobre este passeio: http://carpediemaessenciadavida.wordpress.com/2012/04/21/coxinhas-douradas-de-bueno-de-andrada/
O dia foi ótimo…comemos muito, porque são vários sabores de coxinha e não sabemos o que escolher hehehehe e as crianças se divertiram bastante…lá tem passarinho, peixinho, parquinho….é uma delícia. Vale a pena!!!
Confiram as fotos, pois também conseguimos algo inédito…reunir toda a família e tirar uma foto!!! Ah, vou colocar tb. As fotos dos preentes do Juninho….
Um Feliz Dia dos Pais para todos!!!! Até mais…..














Curiosidades sobre os bebês – muito interessante!!!

Gente,

Olhem esta matéria, aborda curiosidades gerais sobre os bebês!

Encontrei no site http://www.melhoramiga.com.br/2010/01/curiosidades-sobre-os-bebes/

Muito interessante!!! Será que agora conseguiremos descobrir alguns mistérios dos nossos filhos????

Curiosidades sobre os bebês

Curiosidades sobre os bebesAlgumas dessas curiosidades você pode estar careca de saber, mas isso tudo saiu num artigo da revista People da Inglaterra…
– Os bebês nascem sem as rótulas. Elas só se desenvolvem entre os seis meses e um ano de vida.
– É muito mais comum do que se pensa os bebês nascerem com olhos azuis, verdes…claros. Com o tempo e geralmente antes de abrirem os olhos a cor muda para a natural.
– As crianças de seis anos riem em média 300 vezes ao dia contra 60 dos adultos.
O que comprova que quanto mais velho mais chato e enjoado se fica.
– Os bebês nascidos em Maio são aproximadamente 200g mais pesados que os nascidos em outros meses. Epa…eu sou de maio e não sabia disso….!!
– Uma criança não cresce enquanto está gripada. Um adulto não cresce até dar umas cabeçadas na parede…
– Um criança que recém aprendeu a andar dá 176 passos por minuto, assim como um adulto com uma perna de pau, elas precisam alternar os pés rapidamente para se equilibrarem.
– Até os seis ou sete meses, os bebês podem respirar e engolir ao mesmo tempo, os adultos, não. Isto é o que permite tomarem o leito materno.
– Os bebês nascem com a habilidade de nadar e conter a respiração, mas mais tarde a perdem.
– Os bebês não têm mau hálito, em princípio, porque ainda não têm dentes, ali se depositam as bactérias que fazem com que o hálito cheire mal.
– A cabeça de um recém-nascido representa um quarto de seu peso total.
– A maioria dos bebês reconhece a voz da mãe já quando nascem, mas demoram no mínimo 14 dias em reconhecer a voz do pai. Isto deve-se à ressonância criada pela voz da mãe durante os 9 meses de gestação. De qualquer forma elas costumam demonstrar mais alegria ao reconhecer aquela voz que brincava com ele quando ainda no ventre. Daí a importância de mimá-lo ainda na barriga da mãe. Tá certo, ele quer saber com certeza quem é o pai.
– Os bebês não suam, as suas glândulas sudoríferas ainda não estão plenamente desenvolvidas.
– Um feto de quatro meses é capaz de tapar os olhos ante uma luz brilhante que atravessa a barriga da mãe, bem como de reagir ante sons muito fortes.
– Um feto não desenvolve impressões digitais até os três meses.
– Um recém-nascido só focaliza objetos que se encontram a 25 cm do seu nariz, a distância que há entre ele e sua mãe ao ser amamentado. É tudo o que ele precisa ver.
– As crianças crescem duas vezes mais rápido na Primavera que no Outono, ainda que ganhem mais peso durante o Outono.
– Durante uma ecografia é possível ver o bebê sorrindo até a 1 mês do nascimento, a partir deste período não sorriem mais. A proximidade do parto os deixa de mau humor.
– O sentido mais forte dos bebês é o olfato, nos primeiros dias é a principal forma de reconhecimento da sua mãe.
– O coração de um embrião começa a bater na terceira semana da sua concepção.
– Não importa onde nasça o teu filho, compartilhará o seu aniversário com outras 9 milhões de pessoas ao redor do mundo.
– O recorde de filhos de uma mesma mulher é de 69.
– A maioria dos bebês chora sem lágrimas até que completem entre três e seis semanas.
– O peso de um bebê dobra depois de seis meses e triplica ao final do primeiro ano