Especial grávidas: quando surge o colostro?

 O post de hoje é dedicado para as gravidinhas de primeira viagem e que talvez já estejam desesperadas com este mito “de quantidade de leite que irão  produzir ou não”.
E este desespero já começa a aparecer quando temos a notícia que antes do leite aparecer, desce um líquido amarelado que os médicos chamam de COLOSTRO.
Como vocês já me conhecem bem, nem preciso falar que na gravidez da minha primeira filha, nem imaginava que isto surgia e muito menos sabia para que servia!!!  Só fiquei sabendo da existência, depois que a Chiara nasceu e que ela veio mamar a primeira vez. Foi neste momento que orientaram-me para não ficar desesperada que o leite só descia para valer depois de uns 5 dias e que esta substância amarelada era muito importante para os primeiros dias do recém-nascido.
COLOSTRO
Colostro armazenado – foto retirada da matéria do site: http://doulalondrina.blogspot.com.br/2012/11/o-que-e-o-colostro-quais-seus.html
Bom, como tudo que sei é por experiência, fui atrás da minha amigona e super profissional, a ginecologista Dra. Flávia Maciel de Aguiar, de Ribeirão Preto, do blog Gravidinhas e Mãezinhas para explicar  como é este processo do surgimento do colostro. Vejam o que ela escreveu:

“O colostro pode começar a ser produzido bem antes do parto, geralmente no último trimestre, ou só ser produzido após o parto. Varia muito de mulher para mulher, inclusive a quantidades que sai de colostro em cada mamada. A apojadura, que é a descida do leite, surge normalmente em 72 horas, mas pode ser antes ou vários dias depois.”

Bom, em poucas palavras, ela disse tudo! Portanto, não fiquem desesperadas se da prima, vizinha, amiga, cunhada….foi diferente do seu tempo!!! Cada um é cada um e digo mais: cada gestação é totalmente diferente da outra, ou seja, nao é porque você teve algo em uma que vai ter na outra, vice-versa. Não há regras inflexíveis.
O importante é relaxar e curtir o momento. E, se por acaso, tiver dificuldades com a amamentação, procure o banco de leite da sua cidade como escrevi AQUI! Elas são umas fofas e fazem questão de ajudar e receber ajuda!
Amamentar é algo divino que não pode ser associado  com sofrimento e sim com realização e satisfação de poder fornecer o melhor alimento ao seu filho! No começo nada é fácil, mas com o tempo específico de cada um, o bebê e a mãe se conhecem melhor e tudo se encaixa!!!
Vejam os benefícios deste líquido mágico:
image

Como a CULPA te ajudou a mudar positivamente!!! Tema do mês Campanha “Culpa, Não!” da Revista Pais & Filhos

Oi gente!

Hoje o post é muito especial. Como todos sabem, eu curto e participo da campanha CULPA, NÃO! da Revista Pais & Filhos (https://www.facebook.com/#!/culpanao?fref=ts). Clique AQUI e   AQUI   para conferir outros links sobre este assunto.

 

E esta semana, fiquei muito feliz ao receber um convite para colaborar com meu depoimento sobre o tema da campanha deste mês: COMO A CULPA TE AJUDOU A MUDAR POSITIVAMENTE! Ou seja… CULPA, SIM! Ainda bem que surgiu a culpa… hehehehe

Bom, fiquei pensando em diversas situações que aconteceram e que me fizeram mudar de atitudes, mas o que me veio com significância foi o meu DESPREPARO TOTAL NA GRAVIDEZ da minha primeira filha: da Chiara.

Quando penso em tudo que aconteceu por imaturidade minha, surge uma culpa enorme, porém se me transformei nesta “SUPER MÃE” que me considero, acredito que este momento da minha vida foi o principal responsável por esta mudança.

Mas, o que aconteceu????

Bom, fiquei grávida sem planejar, afinal não tinha tempo para ter filhos, já que o trabalho estava em primeiro lugar! Além do susto, misturado com alegria, fiquei sabendo que estava grávida, mas durante toda a gravidez continuei o mesmo ritmo frenético, por mais que os outros falassem que tinha uma VIDA dentro de mim, que só dependia do meu amor e dos meus cuidados, achava que tudo era normal e que nada tinha que mudar, mesmo VALORIZANDO a gravidez e estar muito feliz, eu não tinha NENHUMA noção do que era isso.

Os meses foram passando e a gravidez complicou: tive várias infecções urinárias (umas 15 no total), e entre uma dessas, com 6 meses, tive que internar, pois não conseguiam mais controlar. O engraçado que fiz tudo que uma grávida faz no quesito “status”: chá de bebê, decoração do quarto, enxoval, mas o mais importante que era diminuir o ritmo, cuidar de mim e da minha filha… nem passou perto! Para vocês terem noção, eu não me interessava nem em ler ou fazer cursos sobre gravidez (fiz um curso de gestante com a irmã de uma amiga nossa uma semana antes de ter a Chiara, porque ela insistiu muito!). Não sei se este meu comportamento foi porque meu marido já tinha uma filha, a Marina, então estava tranquila porque ele era “experiente”, ou se porque na minha cabeça, ter um filho, era como qualquer mudança na vida da gente: temos que fazer um check list das coisas que temos que fazer e se preparar: como para uma festa de aniversário, ou uma mudança de casa… SIMPLES ASSIM! Inacreditável, né?

Nem preciso falar que o parto da Chiara foi de emergência, né? O médico querendo me avisar que a minha filha tinha que nascer naquela hora, pois ela estava correndo risco de vida (estava com o cordão muito enrolado e muito apertado no pescoço) e eu preocupada com o evento que eu tinha que organizar a noite!!!

Ela nasceu, graças a Deus, tudo certo, mas, à noite tive mais uma lição: a pessoa que estava ao meu lado no quarto, teve a notícia na minha frente que a filha teve complicações e infelizmente não sobreviveu! Resultado: passei a noite inteira tentando consolar esta mãe! E pensando que isto poderia ter acontecido comigo, afinal a todo momento estive no limite e nunca tinha me tocado disso!

Depois de tudo que relatei a vocês, é impossível não EXISTIR CULPA, porém apenas hoje consigo ver como fui ABENÇOADA em todos os momentos e como APRENDI A AMAR VERDADEIRAMENTE. Aprendi a ser mãe, me tornei uma mãe de verdade e todos que me conhecem sabem que por mim teria mais uns 10 filhos. Nâo há uma realização maior! Tudo fica muito pequeno quando o assunto principal são SEUS FILHOS!

Na gravidez do Benício curti cada segundo… aprendi a amar a Marina, minha enteada, como minha filha também e espero ainda poder ser abençoada novamente! Ser mãe possibilitou-me a ser uma pessoa muito melhor! AMOOOOO  MUTO….um grande bj e até mais!

bike

Sugestão de convite de chá de bebê

Gente, estou passando por aqui rapidinho para mostrar para vocês uma sugestão de convite de chá de bebê.

Acabei de ganhar e achei super gracioso, barato e criativo. É um convite diferente, mas sem gastar muito. De um lado do sachê de chá está escrito o que levar para comer e do outro lado é o pedido do presente.

Lógico que não acabei com a surpresa de qual presente eu darei e tirei foto só do prato que terei que levar!!!!

Então, Jú, morra de curiosidade, pois vamos aprontar muito com você no seu chá!!!!hehehehehe

Fica a dica para as futuras mamães!!!

Alimentos nutritivos e rápidos para gestantes

Pessoal, encontrei uma sugestão de alimentos nutritivos e práticos para gestantes, #ficadica

1. Salada de fruta e porções individuais de fruta prontas para o consumo, vendidas em supermercados. Prefira saladas de frutas sem açúcar.

2. Leite de soja ou suco com soja em caixinha. Carregue uma embalagem do seu sabor preferido na bolsa. Dependendo do tipo, uma embalagem já supre até um terço das suas necessidades diárias de vitamina D e cálcio durante a gravidez. Confira os dados nutricionais na embalagem para ter certeza de que o produto contém cálcio. Leites com chocolate de caixinha também valem, mas não abuse, porque eles podem ter açúcar demais.

3. Uva passa. Um punhado de 30 gramas fornece 2 gramas de fibra, 4 por cento da quantidade diária recomendada de ferro e até 1 grama de proteína.

4. Iogurte natural. Esse alimento clássico e conveniente pode fornecer até 25 por cento da sua necessidade diária de cálcio, além de proteína, fibra e várias outras vitaminas e sais minerais. Vale tomar com colher ou de beber. Você também pode bater com frutas, para variar o gosto.

5. Misturinha de cereal, amêndoas e frutas secas. Misture algum tipo de cereal com amêndoas ou castanhas de caju e passas ou a fruta seca de que mais gostar, e mantenha um saquinho no carro, por exemplo, ou na bolsa, para um lanchinho crocante e nutritivo que pode ser feito em qualquer lugar.

6. Bufê de saladas. Aproveite ao máximo essa opção nos restaurantes, em especial nos “quilos”, e sirva-se de verduras, legumes e até frutas. Boas opções são espinafre, cenoura, tomate, erva-doce, pepino, abobrinha. O grão-de-bico é uma ótima fonte de proteína.

7. Palitinhos de cenoura. A cenoura contém bastante vitamina A e fibras. Você pode preparar seus palitinhos de cenoura em casa e carregá-los durante o dia, ou então comprar saquinhos de cenouras baby no supermercado. Outra opção é refogá-las no jantar com outras verduras, como brócolis, couve-flor e espinafre (que podem ser encontrados em alguns supermercados já lavados e congelados, para economizar seu tempo).

8. Queijo. Tenha sempre na geladeira mussarela em nozinhos ou palitinhos, bolinhas de mussarela de búfala ou potinhos de queijo cottage, o que preferir. Se achar versões light, com menos gordura, melhor. O queijo é rico em cálcio e possui alguma proteína. E, desde que você não vá passar o dia inteiro fora num clima muito quente, dá para carregar um pouco na bolsa para o lanchinho da manhã, por exemplo. Só tome cuidado com queijos tipo frescal e queijo coalho, que podem ser feitos com leite não-pasteurizado. Queijos com fungos, como gorgonzola, brie e roquefort, também não são aconselháveis.

9. Sucos naturais. Em qualquer esquina você consegue encontrar um suco de laranja fresquinho, feito na hora. Varie os sabores pedindo para acrescentar acerola, mamão ou cenoura, ou o que você gostar mais. Sucos feitos com a própria fruta são mais nutritivos que os feitos com polpa congelada, portanto não deixe de perguntar como eles são feitos e prefira os frescos.

10. Cereal matinal. Prefira os que não são doces. Às vezes eles são vendidos em embalagens individuais. Senão, compre um pacote grande, abra, ponha uma porção num potinho bem fechado e leve para o trabalho. Vai ser ótimo encontrar alguma coisa para comer na hora da fila do banco ou na sala de espera do médico. Quase todos os cereais matinais são enriquecidos com ferro e vitaminas.